logo Entre Versos e Protestos

libertade, prisão, amor, fé

Um rapaz branco, alto olhos claros, sedeu o lugar para senhora e em seguida atendeu seu celular:
- Oi mãe, então falei com ela mas ela acha que "tô" mentindo, eu disse Lethicia eu peguei minha liberdade na segunda, e ela não acreditou...
- Ah mãe já liguei ela não acredita, eu disse pra ela te ligar ela disse que ligou...
- É então ela achou que a senhora "tava na parceria" comigo e mentindo pra ela, falei Lethicia nem eu "tô" acreditando, quando vi o "guardinha colando na grade" e dizendo - AE ALEMÃO SAIU SUA LIBERDADE, TÁ FORA, dei um pulo que nem pensei apenas sai.
Nesse momento o vagão silenciou ouvia-se apenas o maquinista anunciando as estações e o "Alemão" ao telefone, em sua ligação ele mencionou um pouco de tudo, fechei os olhos e prestei atenção, ele dizia a sua mãe que tentou convencer a Lethicia que estava solto e que ela só iria acreditar quando ela o visse, ele dizia também que foi atrás do "Chicao" que prometera seu trabalho de volta. 
- Falei com ele mãe, expliquei que tô com a bala atravessada ainda que nao posso pegar peso, mas que de resto eu "tô novão", ele me perguntou o que de fato tinha acontecido, eu falei né mãe... Ah Chicao "assinei" 157 não morri no assalto porque o tenente era evangélico certeza "tá ligado" na hora que o "home" me acertou e eu cai, veio com a arma colada na minha cara, surgiu esse homem aí e disse -NÃO MATA, DEUS TEM UMA OBRA NA VIDA DESSE JOVEM. - O Chicao falou, agora não se mete mais nisso não, seu emprego está aqui como prometi, agora é seguir em frente, falei para ele mãe que eu aprendi, e que a senhora e a Lethicia disseram que me deixariam se isso acontecesse...
- É mãe sei que foi difícil pra ela, eu sei, da última vez que ela foi me ver foi lá em Lavrinhas-MT, sei que isso não é vida pra ninguém, pegar uma fila as 4hs da manhã, ficar no frio, e ainda ficar "peladona" agachada lá só pros "homes" ter a certeza que não tem nada.
O silêncio continuava no vagão e o Alemão continuou.
- É mãe verdade... Não mãe "ta doida" não troco ela por nada, o que ela fez por mim nenhuma outra faria, até os manos lá falavam "pow alemão sua mina é ponta firme, muitas das nossas mulheres não vieram nem uma vez, valoriza irmão"... 
- Não mãe eu sei pow, ela não acredita ainda que sai, mas vou lá no hospital daí ela vai acreditar (risos).
-É verdade mãe, mas pode ficar "sussa" não troco ela por nada... "Eu amo ela pá porra".
De olhos fechados eu pensei... Lethicia o "Alemão" saiu sim, ele conquistou a segunda chance e quer dividir com você. 
Ouvi as últimas palavras do Alemão...
- Ô mãe "tô chegando aqui" no Tucuruvi. 
Abri os olhos... agradeci a Deus por aquela história...E falei pra mim mesma... É... Eu fiz a escolha certa...

E que venham boas histórias!